Instalação Elétrica

Você investiu muito esforço e dinheiro na compra do seu equipamento.
E, sua adequada distribuição no ambiente/oficina podem pode economizar e transformar seu ambiente de trabalho num local extremamente agradável.
Assim como o diâmetro de um cano é calculado em função da quantidade de água que deve passa em seu interior, a bitola de um condutor elétrico (fio) depende da quantidade de elétrons que por ele circula (corrente elétrica).
Além disso, toda vez em que circula corrente, o condutor se aquece, por causa do “atrito” dos elétrons em seu interior. No entanto, há um limite máximo de aquecimento suportado pelo fio ou cabo, acima do qual ele começa a se deteriorar. Nessas condições, os materiais isolantes se derretem, expondo o fio condutor, e podendo provocar choques e causar incêndios.
Para evitar que os fios condutores se aqueçam acima do permitido, devem ser instalados disjuntores
• Ao lado do forno (por medida de segurança).
• Nos quadros de luz (por necessidade legal).
Esses dispositivos funcionam como uma espécie de “guarda-costas” dos cabos, desligando a instalação, automaticamente, sempre que a temperatura nos condutores começar a atingir valores perigosos.
Dessa forma, a capacidade do disjuntor (que é expressa em ampères – A) deve ser compatível com a bitola do fio, sendo que ambos dependem da corrente elétrica que circula na instalação.
Como a corrente elétrica é o resultado da potência dividida pela tensão, a Tabela 1 indica a bitola do condutor e o valor do disjuntor.
Siga SEMPRE as indicações da tabela.

A voltagem correta e Fase
Ao contrário de muitos aparelhos, os fornos são projetados para funcionar em uma tensão específica, de 240 V a 208 V. Eles não podem ser facilmente convertidos, assim como ocorre com a tensão.

Fio, tipo e tamanho
Fornos, podem ser susceptíveis a quedas de tensão causadas por fiação inadequada. Principalmente, se utilizada por outros equipamentos.
• Certifique-se de usar o fio de tamanho adequado e circuitos corretos para que não corra esse tipo de problema.
• A lista de indicadores sugeridos para os fios pode ser encontrada a seguir.
• Nossos equipamentos são projetados para utilização com fios de cobre.
• Consulte sempre o local e os códigos elétricos nacionais para a determinação do tamanho adequado ao comprimento do fio e do método do circuito utilizado.

Requisitos elétricos
A tensões mais comuns são 208 V e 240 V.
Muitos profissionais trabalham apenas com tensões de 220 V, pois a maioria dos aparelhos projetados para funcionar fora de qualquer tensão e é rotulada de 220 V.
LEMBRE-SE: existir 220 V de tensão é muito raro no Brasil.
As fontes de alimentação com baixa tensão podem causar problemas para a queima, e que são muito caros para remediar.
Ao escolher um local para instalar o forno, tente colocá-lo num local que fique, ao menos a 20 m da caixa de entrada de energia. Caso haja necessidade de instalar o equipamento num local mais distante, é preciso aumentar a bitola do fio.
Certifique-se de que a amperagem disponível é suficiente para usar todos os equipamentos e utensílios no local da instalação. Aumentar a oferta de amperagem no local pode ser muito caro.

Fio terra
O conceito básico da proteção é contra choques, quando os elétrons são ”desviados” da pessoa.
O cabo utilizado de instalação do aterramento, já existente, deve ter 4 mm ou mais.

 

ModeloRedeTensãoBitola do FioDistância MáximaPotênciaAmperagem do FornoDisjuntor
SS 90-2Monofásico / Bifásico220V10mm20 m8.000 W36 A50 A
SS 195-2Monofásico / Bifásico220V16mm20 m12.000 W54 A80 A
SS 195-3.2Trifásico220V10mm20 m12.000 W31 A50 A
SS 195-3.3Trifásico380V10mm20 m12.000 W25 A40 A
SS 280-3.2Trifásico380V16mm20 m14.000 W63 A80 A
SS 280-3.3Trifásico380V10mm20 m14.000 W36 A40 A

Dicas

  • O forno não possui tomadas.
  • Os cabos que saem dele, devem ser ligados diretamente ao disjuntor apropriado, e que devem estar localizados do seu lado direito a, no máximo, 1 metro de altura.
  • Nunca aumente a potência do disjuntor ou o disjuntor sem trocar a fiação. Pois, conforme visto anteriormente, deve haver uma correspondência entre eles.
  • A menor bitola permitida por norma para o circuito do forno é de 10 mm2.
  • Sempre deve ser previsto circuito separado para o forno.
  • Nunca inutilize o fio terra do forno. Ao contrário, instale um bom sistema de aterramento na sua residência.
  • Evite a utilização das chamadas “emendas”, pois o uso indevido das mesmas pode causar sobrecargas nas instalações.